Essa dica quem nos deu foi o simpático vendedor da Saint-Hubert Librairie. Na verdade foram 2 dicas. A primeira é fugir da rue des Bouchers, com dezenas de restaurantes turísticos iguais uns aos outros, e ainda com insuportáveis garçons chamando por você na porta (existe algo pior que isso?).

A segunda dica é provar “Musels” (ostras) ou outras comidas típicas no restaurante Taverne Du Passage, que fica bem próximo da livraria, ainda dentro da galeria.

Nossas recomendações: La Poularde de Bruxeles à La Crème e La Choucroute Au Carré de Porc Fumé. O preço médio do jantar é de 20 euros por pessoa.

bruxelas7_518x347_g