varekai1_518x347_g

Quando o Cirque du Soleil veio para o Brasil, bem que tentamos comprar ingressos. Mas acabamos desistindo por achar os preços abusivos, as taxas de (in)conveniência mais abusivas ainda, o prazo de antecedência de 8 meses injustificável, fora a dificuldade para realizar a compra. Nos rebelamos. Dissemos não ao Cirque du Soleil e à Ticketmaster.

Em julho, quando viajamos para Berlim, pesquisamos na internet quais shows e espetáculos estariam em cartaz na cidade. Para nossa surpresa, o Cirque du Soleil estaria lá com o espetáculo Varekai.

Mas vamos à melhor parte: como compramos e quanto pagamos.

A compra foi efetivada através do site oficial, onde selecionamos 2 lugares privilegiados na primeira fila e preenchemos os dados do cartão de crédito. Pronto. Simples. Rápido. Fácil.

Minutos depois recebemos um email confirmando o pagamento, e um segundo email com nosso e-ticket, que era só imprimir e voilá. Nem autenticar no local foi necessário. Isso com apenas 1 mês de antecedência, sem nenhuma taxa extra.

O texto do primeiro email:

Thank you for buying tickets to Varekai in Berlin. Please review the details of your purchase below.

Please note that you have chosen to receive e-tickets. This means you will receive a second e-mail with your e-tickets attached. Simply open the attachment, print the e-tickets and present them on the date of your performance.

Varekai in Berlin – Friday, July 11, 2008 at 8:00 PM
2 Adult @ 85,00 € = 170,00 € (Tax Included)


Na época o euro estava em aproximadamente R$ 2,55, o que totalizou a compra em R$ 433,00.

Para comparar: um ingresso no Brasil com a mesma localização de assento custava R$275,00 + 20% de taxa de conveniência. Valor para 1 pessoa.

Moral da história: antes de viajar pesquise bem o que estará acontecendo nas cidades que pretende visitar. Oportunidades imperdíveis sempre aparecem, geralmente com preços mais justos do que no Brasil.

varekai2_518x347_g