Em 12 de junho de 1897, um animador chamado Pere Romeu, inaugurou em Barcelona um restaurante inspirado no ambiente do cabaré onde trabalhava em Paris, o famoso Le Chat Noir.  O edifício escolhido para acolher o restaurante, era nada mais, nada menos, que uma obra de Puig i Cadafalch. O restaurante se tornou ponto de encontro da boemia e foi lá que Picasso fez sua primeira exposição, colocando o restaurante definitivamente na história e no imaginário de Barcelona. Outro frequentador famoso do restaurante era Gaudí.

Poucos anos depois o 4Gats quebrou e foi reaberto novamente em 1970, numa jogada de mestre. O restaurante “centenário” é um dos mais disputados na cidade, principalmente pelos turistas, ávidos por fazer uma pequena viagem no túnel do tempo.

A decoração é muito interessante e vale a pena conhecer. No almoço o preço é fixo (12€) e você pode escolher uma das quatro opções de entrada, prato principal e sobremesa. Inclui pão, água e vinho à vontade. A comida é gostosa, mas chegou na nossa mesa um pouco fria. O atendimento não mereceu gorjetas.

4gats1_518x243_m24gats2_518x243_m214gats3_518x243_m

Anúncios