Keukenhof é o famoso parque de flores da Holanda, conhecido por suas tulipas coloridas. O parque, que fica aberto ao público apenas de 19 de março a 21 de maio, tomou para si o título de o mais fotografado do mundo – mas acho que os holandeses esqueceram da sua vizinha Torre Eiffel, do Coliseu, do Partenon e outros.

Na entrada fomos recepcionados por uma mulher com roupas típicas, vendendo mapas por 4€  (uma fortuna para um mapa). Uns passos a mais e nos deparamos com um grande órgão musical, desses que funciona com banda de papel perfurado, tocando músicas que iam desde “Estudiantina Wals” a “Macarena”. Para completar a cena, logo surgiu um tiozinho vestindo roupas engraçadas e tamancos holandeses, que ficou dançando e soprando um apito. Por instantes achamos que estávamos na Feira da Uva ou do Moranguinho ou da Rapadura, qualquer dessas feiras típicas.

Tirando o clima de feira, o que encontramos foram muitos canteiros de flores, com os mais variados tipos de tulipas, de todas as cores e mesclas que você pode imaginar. Num dos pavilhões tinha uma exposição com flores do mundo todo. Esperávamos encontrar plantações de flores, aquela imensidão colorida a perder de vista e poder caminhar por entre elas, mas isso não era permitido. Até vimos uma plantação numa das extremidades do parque, mas não era acessível ao público. Para chegar mais próximo das plantações, é preciso fazer o passeio de bicicleta.

Como chegar em Keukenhof?

Para chegar no parque, é bem fácil. Difícil é achar alguém que saiba dar informação correta sobre como chegar lá. Depois de perguntar para umas 5 pessoas, entre recepcionistas de hotel a motoristas de ônibus, finalmente conseguimos achar o ponto onde pegaríamos o primeiro ônibus, que fica em Leidseplein. Seguimos até o aeroporto, onde trocamos para um segundo ônibus, que foi direto para o parque. O ticket custou 23€ e incluía entrada + transporte.

amsterdam12_347x518_gamsterdam13_347x518_gamsterdam14_347x518_gamsterdam16_347x518_gamsterdam15_347x518_g

Anúncios