Passear pelas ruas de uma cidade tão vibrante, tão cheia de vida, de parques, de museus e galerias, de ótimos restaurantes e vida noturna deliciosa, com transporte público impecável e cidadãos tão gentis e educados, torna quase impossível imaginar que um dia Berlim foi dividida em duas partes. Mas se a “aura” da cidade não condiz com seu passado nebuloso, a arquitetura diferenciada da parte ocidental para a oriental e os restos do muro em alguns pontos da cidade, não deixam o passado ser esquecido (nem creio que exista a intenção de esquecer). Mas uma coisa é fato: visitar Berlim é marcante, por tudo que a cidade tem de bom e por tudo que ela viveu de ruim.

E como o assunto do dia é o aniversário de 20 anos da queda do muro de Berlim, decidimos publicar um post mostrando uma das atividades realizadas pelo governo como parte das comemorações, que é a restauração do East Side Gallery. O East Side Gallery é uma parte do muro que permanece intacta e que foi transformada numa galeria a céu aberto, com pinturas de 118 artistas de vários países. A galeria estava em péssimo estado até o ano passado, quase toda pichada e quebrada. Veja só a diferença nas fotos abaixo:

berlim_20anos_queda_muro2_518x347_Gberlim_20anos_queda_muro1_518x347_Gberlim_20anos_queda_muro3_518x347_Gberlim_20anos_queda_muro4_518x347_G

Mais sobre o Muro:

Se você vai a Berlim, não deixe de ler os posts anteriores que escrevemos sobre a cidade, principalmente sobre o Walking Tour, que é um tour gratuito que dá uma boa pincelada sobre a história da cidade.

https://inquietos.wordpress.com/category/alemanha/

Anúncios