You are currently browsing the category archive for the ‘Grécia’ category.

[Crônicas de Viagem]

Por volta das 19:30 uma movimentação diferente começa a acontecer em Oía. O vilarejo, que fica numa das pontas de Santorini, é cheio de ruelas, subidas e descidas. As casas e pousadas vão se empilhando e se encaixando sobre o penhasco. Oía é uma “favela chique”.

Sobre os telhados e terraços, centenas de pessoas vão se empilhando, da mesma forma que as casas estão empilhadas. Todas as ruas, jardins, espaços livres e restaurantes lotam. Todos querem ver o pôr-do-sol.

O espetáculo começa. O céu lentamente ganha tonalidades de amarelo e depois de vermelho. Enquanto isso, você toma um vinho local bem gelado. Olha a seu redor e vê as casinhas brancas de telhados azuis e jardins com flores cor-de-rosa.

O pôr-do-sol é um dos mais bonitos do mundo.

santorini9_518x347_gsantorini8_518x347_g

Nossa lua-de-mel foi em Santorini. Se você vai passar sua lua-de-mel lá também, não pode deixar de:

– Hospedar-se em Oía;

– Jantar no 1800;

– Assistir ao pôr-do-sol tomando um vinho branco local;

– Ver pelo menos uma noite de lua cheia sobre a Caldeira;

– Explorar a ilha de carro, parando de praia em praia, de vilarejo em vilarejo.

São muitas as opções para se hospedar e tudo depende do que você pretende fazer na ilha.

Para nós, sem dúvida, o local mais bonito e mais romântico de Santorini é Oía. Os melhores restaurantes estão lá e a melhor vista para o pôr-do-sol também.

Se você quer curtir sol e mar, então se hospede em Kamari ou Perissa. Lá tem alguns clubes com música e espreguiçadeiras.

Se você quer festa e balada, então fique em Fira. É o local com a maior concentração de bares, danceterias e  também comércio.

Nós ficamos no Volcanos Views, que fica entre Fira e Megalochori. A vista é deslumbrante para a Caldeira. A área externa do complexo é excelente, com 2 piscinas, mas os quartos são bem simples. Diárias em torno dos 250 euros. Não recomendamos se hospedar lá se você não estiver de carro.

Para pesquisar hotéis uma dica é o Booking.com. O site é excelente, bem organizado, e a melhor parte é que tem a avaliação dos clientes por categorias: casais jovens, casais maduros, pessoas com amigos, viajantes individuais. Dá para escolher um hotel sob medida para todos os bolsos e gostos.

Fotos: De cima para baixo. Pôr-do-sol em Oía, Perissa, Kamari e Fira, Vista da sacada do hotel Volcanos View

santorini7_518x243_gsantorini5_518x243_g2santorini6_518x243_g

santorini4_518x124_g
Sem dúvida a melhor opção para explorar Santorini é alugar um carro. Isso lhe dará uma liberdade de locomoção que fará toda a diferença. Com um carro você terá a oportunidade de andar por todas as praias que desejar, pois a ilha é bem pequena.

Existem 4 linhas de ônibus, e segundo nossas pesquisas, um ticket custa 11 euros e você pode usar 3 vezes no dia. Mas como não utilizamos, não podemos opinar a respeito.

Também existe a opção de fazer passeios com as agências de viagens, mas o valor comparado ao aluguel do carro não vale a pena. Veja bem, se você se hospedar próximo à Fira e quiser fazer um passeio para Oía, isso custará 20 euros por pessoa.

O aluguel do carro foi de 50 euros a diária (valor em jul/08). Um carro simples, tipo um Fiat Panda, porém com ar-condicionado (abaixo a foto do “nosso” carro).  Com o carro você poderá ir e voltar para Oía quantas vezes quiser, e ainda conhecer muitas outras praias que não estão nos roteiros das agências.

Então não pense duas vezes: alugue um carro, ligue o rádio e passeie pelas ruelas de Santorini ouvindo a típica música grega. A viagem terá outro clima, nós garantimos.

Onde alugar?

Nós alugamos com a Budget Rent a Car, com o querido Sr. Andrea, no aeroporto. Não alugue pelo site, pois é mais caro. Esse senhor grego também lhe dará todas as dicas de onde ir e como estacionar.* Não se assuste, o sistema lá é todo informal: você não terá os documentos do carro, nem precisará fazer vistoria. Eles são super desencanados. Nem a entrega do carro eles revisam. Na ilha a impressão é que a maior parte dos carros é de aluguel, deve ser por isso que não há problema em não ter documentos. Só a nota fiscal já será suficiente. Isso nos deixou um pouco inseguros no começo, mas tudo foi tranquilo.

* Em Santorini as ruas são estreitas, não tendo quase áreas para estacionar. Para isso, a ilha tem alguns parkings onde você poderá deixar o carro. Portanto o esquema é assim, ao chegar em algum vilarejo, procure um parking, estacione o carro, e termine o passeio a pé. Não perca tempo procurando onde estacionar, pois não existe.

santorini3_518x243_g

santorini1_518x124_g

São duas opções para chegar em Santorini: pelo mar ou pelo ar.

Pelo mar é possível chegar através dos inúmeros cruzeiros que visitam a ilha diariamente (às vezes chega a ter 6 navios ancorados ao mesmo tempo) ou então através de ferry-boat. A companhia mais conhecida de ferries é a Blue Star. O Santorini Island Guide indica outras opções também.

Pelo ar é possível chegar através das duas companhias aéreas gregas: Olympic Airlines e Aegean Airlines.

A pergunta mais comum é: qual das duas opções é a melhor?
Para responder esta dúvida, preparamos uma tabela comparativa. Os preços são para ida no dia 01/06/09.

Agora faça sua análise e escolha o que é melhor para você.

santorini2_518x124_g

Mas apenas para dar uma apimentada na sua decisão:

– Na época que pesquisamos sobre meios de transporte para Santorini, lemos muitos relatos sobre ferries que eram cancelados sem aviso prévio, pois eles dependem da maré e de um número mínimo de passageiros. Parece que na alta temporada isso é mais raro de acontecer.

– Outro relato frequente é que os ferries são muito desconfortáveis.

– Os aviões, em especial da Aegean, são novos e confortáveis. Não é teco-teco nem bi-motor, é um avião de tamanho igual aos da Gol e Tam.

– Se você for de uma ilha para outra de avião, o único inconveniente é que não existem voos diretos. Por exemplo, para ir de Santorini para Rhodes o trecho realizado será Santorini-Athenas-Rhodes.

Santorini deveria ser parte obrigatória de todas as listas de lugares imperdíveis publicadas mundo afora. Para todos os lados, em qualquer hora do dia, a vista é deslumbrante. Para quem gosta de fotografar então, é o paraíso. Dá até para ter cãibra no dedo. E não precisa ser profissional, pois qualquer foto fica linda.

Muito se ouve falar sobre seu pôr-do-sol em Oía, mas quase ninguém fala de seu luar. Nem sobre Ammoudi Bay, Akrotiri e a Ancient Thira. Talvez porque a maioria dos turistas que visitam a ilha chegam de navio e ficam lá apenas por algumas horas. Grande erro. Santorini vale mais do que uma tarde.

Essa semana iniciaremos um série de posts sobre a ilha. Escreveremos sobre como chegar, onde comer, onde se hospedar, praias e passeios que valem a pena. Aguardem!

Hoje nossa querida amiga Fernanda do blog Vestida de Noiva nos indicou para suas noivinhas. Aproveitando a oportunidade, listamos algumas cidades que já conhecemos, e que consideramos perfeitas para uma lua-de-mel muito romântica.

A lista não está em ordem de preferência.

1. Colonia de Sacramento, Uruguay.

O centro histórico é charmoso e dá a sensação de que você entrou no túnel do tempo. Passeios a pé são a melhor maneira de conhecer as ruazinhas antigas. Tem muitos restaurantes deliciosos que servem paella e uma boa cerveja Patricia. Vale a pena dormir pelo menos uma noite lá, pois a maioria dos turistas já foi embora e as luminárias das casas dão um charme especial.

2. Bruges, Bélgica.

É outra pequena cidade muito charmosa. Para saber mais, clique aqui.

3. Santorini, Grécia.

Paisagens de tirar o fôlego. O maior erro da maioria das pessoas que vão até Santorini é passar apenas o dia lá. Porém é à noite que a cidade fica mais romântica, ainda mais se tiver lua cheia. O melhor passeio é em Oía.

4. Rhodes, Grécia.

Esta ilha é bem maior que Santorini, porém também tem seus encantos. O melhor passeio é na Lindos Beach, uma praia com vista para a Acrópole, perfeita para namorar.

5. Paraty, Brasil.

Esta cidade histórica tem ruas antigas muito encantadoras e ótimos restaurantes. Os passeios de barco levam até praias calmas e com poucas pessoas.

6. Búzios, Brasil.

É mais romântica nos meses fora da alta temporada, pois não tem muita gente. É possível escolher se você quer calma ou agitação, seja durante o dia ou à noite. O melhor é alugar um buggy e rodar por todas as prainhas, até encontrar a sua preferida. E não deixe de mergulhar, as tartarugas são bastante extrovertidas e adoram nadar a seu lado.

Inquietos

Prepare-se, pois nossa inquietude vai contagiar você!

Acompanhe nosso Twitter.

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.

Galeria Inquietos

Categorias