You are currently browsing the tag archive for the ‘bruges’ tag.

Hoje nossa querida amiga Fernanda do blog Vestida de Noiva nos indicou para suas noivinhas. Aproveitando a oportunidade, listamos algumas cidades que já conhecemos, e que consideramos perfeitas para uma lua-de-mel muito romântica.

A lista não está em ordem de preferência.

1. Colonia de Sacramento, Uruguay.

O centro histórico é charmoso e dá a sensação de que você entrou no túnel do tempo. Passeios a pé são a melhor maneira de conhecer as ruazinhas antigas. Tem muitos restaurantes deliciosos que servem paella e uma boa cerveja Patricia. Vale a pena dormir pelo menos uma noite lá, pois a maioria dos turistas já foi embora e as luminárias das casas dão um charme especial.

2. Bruges, Bélgica.

É outra pequena cidade muito charmosa. Para saber mais, clique aqui.

3. Santorini, Grécia.

Paisagens de tirar o fôlego. O maior erro da maioria das pessoas que vão até Santorini é passar apenas o dia lá. Porém é à noite que a cidade fica mais romântica, ainda mais se tiver lua cheia. O melhor passeio é em Oía.

4. Rhodes, Grécia.

Esta ilha é bem maior que Santorini, porém também tem seus encantos. O melhor passeio é na Lindos Beach, uma praia com vista para a Acrópole, perfeita para namorar.

5. Paraty, Brasil.

Esta cidade histórica tem ruas antigas muito encantadoras e ótimos restaurantes. Os passeios de barco levam até praias calmas e com poucas pessoas.

6. Búzios, Brasil.

É mais romântica nos meses fora da alta temporada, pois não tem muita gente. É possível escolher se você quer calma ou agitação, seja durante o dia ou à noite. O melhor é alugar um buggy e rodar por todas as prainhas, até encontrar a sua preferida. E não deixe de mergulhar, as tartarugas são bastante extrovertidas e adoram nadar a seu lado.

Anúncios

[Crônicas de Viagens]

Como já falamos antes, Brugges é bem pequena. É fácil atravessá-la a pé em pouco tempo.

Numa dessas caminhadas, abandonamos o mapa na mochila, já que praticamente não era necessário usá-lo. Mas lá pelas tantas, chegamos numa auto-estrada. Decidimos abrir o mapa para ver onde estávamos e se tinha algo que valesse a pena por ali.

Eis que um senhor de barba branca, aproximadamente uns 70 anos, vê aquela cena. Vem ao nosso encontro e pergunta se precisamos de ajuda. Sem surpresas, isso já aconteceu outras vezes, em outras cidades.

Surpresa mesmo, foi que esse senhor querido, não só nos ofereceu ajuda, mas ainda perguntou em qual língua queríamos conversar. E o leque de opções não era pequeno, não. Podíamos escolher entre inglês, francês, alemão e outra língua que não entendemos, mas acreditamos ser o neerlandês.

Certo, sabemos que o país tem forte influência de todas esses países citados acima. Mesmo assim, ainda achamos surpreendente.

Como a cidade é pequena, dificilmente um hotel estará mal localizado. Estando perto do Grand Market então não tem erro.

Nós ficamos no Martin’s Brugge. A recepção promete, mas os quartos não correspondem. Eles não são ruins,  pelo contrário, são novos,  limpos e com ótima calefação, porém pequenos e escuros. No quarto, a televisão tem uma mensagem personalizada para os hóspedes (ver foto). Porém tudo é pago à parte: estacionamento, café da manhã, internet e até os filmes na tv!!!! A diária é de 75 euros.

bruges6_518x347_g1
bruges7_518x347_g

Outro restaurante que conhecemos em Bruges é o Bhavani.

O restaurante é bonito, acolhedor e muito confortável, mas a impressão que ficou é que vale mais o ambiente do que a comida.

bruges5_518x347_g

O Arthie’s foi um ótimo achado em Bruges. Não tínhamos nenhuma referência sobre o restaurante e almoçamos lá ao acaso. Passamos em frente, simpatizamos com o ambiente e entramos.

O tema do restaurante é “the art of eating”. Portanto, além de encontrar uma comida deliciosa, servida de maneira criativa e diferenciada, você encontra uma nova decoração a cada temporada, já que o dono do restaurante é designer de interiores. Inclusive no dia em que almoçamos chegou uma escultura nova.

Para completar tem música boa, ambiente calmo, aconchegante e bem quentinho.

Recomendamos o delicioso  “Homemade Flemish stew with fries and a fresh salad”.  Pode ser pedido à la carte ou se você der sorte este prato fará parte do menu do dia, chamado Market Menu, que é composto por salada, prato principal e sobremesa. Tudo por 18 euros.

bruges4_518x347_g

Bruges é uma cidade realmente muito pequena, mas muito charmosa. Suas construções medievais, suas ruelas e canais são de tirar o fôlego.

Nós fomos no inverno, a temperatura estava em torno de -2 graus, mesmo assim foi um ótimo passeio. Mas acreditamos que Bruges é melhor no verão. O lugar é perfeito para um passeio de bike  (13 euros/diária) e um picnic no Minnewaterpark à beira do lago do amor (é o apelido do lago mesmo, não fomos nós que inventamos). Mais romântico impossível.

Esta cidadezinha da Bélgica definitivamente entrou para nossa lista de lugares preferidos.

E não se preocupe muito com mapas, a cidade é tão pequena que em pouco tempo já é possível se localizar facilmente.

bruges1_518x347_g2

bruges2_518x347_g3bruges3_518x347_g2

Inquietos

Prepare-se, pois nossa inquietude vai contagiar você!

Acompanhe nosso Twitter.

Galeria Inquietos

Categorias