You are currently browsing the tag archive for the ‘dicas’ tag.

Encontrei esse tutorial hoje – e apesar de não ser novo – achei simplesmente genial. Não resisti e reproduzi abaixo. O moço se chama Andrew McDonald e esse aqui é o blog dele.

Vou correndo comprar uma lousa e fazer o mesmo. Veja e depois me diga se não deu muitas risadas também.


Anúncios

A Dulca é uma doceria-tentação. Além do ambiente acolhedor e agradável, tem os deliciosos chocolates e doces artesanais. Não é à toa que foi eleita a melhor doceria da cidade pela Veja. Além de ter chocolate de primeira qualidade, daqueles que derrete na boca, as embalagens são um capítulo à parte. Cheias de pequenos detalhes, que deixam os doces mais charmosos. Dá vontade de levar tudo para casa!

E como estamos quase na Páscoa, se você quer fugir dos ovos comuns de supermercado, é na Dulca que deve ir. Os ovos, de vários tamanhos, são embalados em tecidos, ficando muito elegantes. O preço não é tão doce, mas vale muito a pena. Infelizmente o site não disponibiliza fotos das embalagens.

A doceria tem um só defeito: uma das lojas fica ao lado do prédio onde faço Pilates. É muita provocação!

p.s. Se você quiser saber quais outras docerias paulistanas tem ovos pra lá de especiais, clique aqui.

Quem frequenta o blog sabe que faz pouco tempo que nos mudamos de Porto Alegre para São Paulo. Somos turistas em nossa própria cidade. Apesar de frequentarmos sampa há anos, fixamos moradia somente agora, e estamos descobrindo cantinhos novos, alguns óbvios, outros nem tão óbvios assim.

E a partir de agora vamos começar a compartilhar essas descobertas (e re-descobertas) com vocês. Deixem seus segredinhos aqui também.

Abraços!

varekai1_518x347_g

Quando o Cirque du Soleil veio para o Brasil, bem que tentamos comprar ingressos. Mas acabamos desistindo por achar os preços abusivos, as taxas de (in)conveniência mais abusivas ainda, o prazo de antecedência de 8 meses injustificável, fora a dificuldade para realizar a compra. Nos rebelamos. Dissemos não ao Cirque du Soleil e à Ticketmaster.

Em julho, quando viajamos para Berlim, pesquisamos na internet quais shows e espetáculos estariam em cartaz na cidade. Para nossa surpresa, o Cirque du Soleil estaria lá com o espetáculo Varekai.

Mas vamos à melhor parte: como compramos e quanto pagamos.

A compra foi efetivada através do site oficial, onde selecionamos 2 lugares privilegiados na primeira fila e preenchemos os dados do cartão de crédito. Pronto. Simples. Rápido. Fácil.

Minutos depois recebemos um email confirmando o pagamento, e um segundo email com nosso e-ticket, que era só imprimir e voilá. Nem autenticar no local foi necessário. Isso com apenas 1 mês de antecedência, sem nenhuma taxa extra.

O texto do primeiro email:

Thank you for buying tickets to Varekai in Berlin. Please review the details of your purchase below.

Please note that you have chosen to receive e-tickets. This means you will receive a second e-mail with your e-tickets attached. Simply open the attachment, print the e-tickets and present them on the date of your performance.

Varekai in Berlin – Friday, July 11, 2008 at 8:00 PM
2 Adult @ 85,00 € = 170,00 € (Tax Included)


Na época o euro estava em aproximadamente R$ 2,55, o que totalizou a compra em R$ 433,00.

Para comparar: um ingresso no Brasil com a mesma localização de assento custava R$275,00 + 20% de taxa de conveniência. Valor para 1 pessoa.

Moral da história: antes de viajar pesquise bem o que estará acontecendo nas cidades que pretende visitar. Oportunidades imperdíveis sempre aparecem, geralmente com preços mais justos do que no Brasil.

varekai2_518x347_g

Inquietos

Prepare-se, pois nossa inquietude vai contagiar você!

Acompanhe nosso Twitter.

Galeria Inquietos

Categorias